1) Medir a glicose antes, durante e após a atividade física;

2) Evitar iniciar atividade física com glicemia > 250mg/dL com cetonúria ou > 300mg/dL mesmo sem cetonas na urina;

3) Acrescentar carboidratos antes do exercício se a glicemia < 100mg/dL;

4) Quando a atividade física for realizada após as refeições, reduzir em 50% a dose da insulina Regular ou Análogo de ação rápida utilizado antes dessa refeição;

5) Não realizar atividade física em jejum;

6) Quando a atividade física for realizada antes do almoço e jantar, deve ser adicionado um lanche extra se a glicemia antes do exercício for normal;

7) Sugestões para o lanche extra:
Para cada 30 minutos de atividade física intensa, oferecer uma porção extra de 15g de Carboidrato (2 bolachas cream cracker ou 1 fatia de pão de forma ou 1 maçã ou laranja ou banana prata);

Para cada 60 minutos de atividade física intensa, oferecer 30g de Carboidrato + 1 porção de proteínas (2 fatias de pão de forma + 1 fatia de queijo);

8) Evite aplicar a insulina nos membros utilizados para a prática do exercício físico relacionado a eles; por exemplo não aplicar nos braços antes de natação ou não aplicar na coxa antes de exercícios que envolvam a corrida como jogar futebol;

9) Pode haver a necessidade de reduzir a dose total de insulina, mesmo nos dias que a pessoa não praticar atividade física;

10) Se o paciente for fazer atividade física por período prolongado como em maratonas ou competições, pode ser necessário reduzir em até 20 a 30% a dose total da insulina, lembrando-se de que nesses casos é importante reduzir em 20 a 30% a dose de insulina de ação intermediária (NPH) ou lenta (Lantus ou Levemir) na noite anterior;

11) A glicemia pode cair várias horas após o exercício ter terminado – até 24 horas após – pois a glicose passa do sangue para o músculo para repor os estoques de energia que foram usados durante a ginástica;

12) O diabético não deve se exercitar se estiver doente, pois isso pode elevar a glicose e cetonas do sangue;

13) No dia da ginástica, se a glicemia for menor do que 120mg/dl ao deitar, dobre a quantidade do lanche antes de dormir e use sempre proteína (iogurte ou leite) associada ao carboidrato.”

CITEN

Leia mais